sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

O MURO DAS LAMENTAÇÕES

Uma jornalista da CNN ouviu falar de um judeu muito velhinho que todos os dias, duas vezes por dia, ia fazer as suas orações ao Muro das Lamentações e decidiu entrevistá-lo.

Pôs-se ao pé do Muro à espera e passado um bocado lá apareceu ele a andar com dificuldade, em direcção ao sítio onde costumava rezar.

Esperou uns 45 minutos que o velhinho acabasse de rezar e quando ele voltava, vagarosamente, apoiado na sua bengala, aproximou-se para a entrevista.

- Desculpe, eu chamo-me Rebecca Smith, sou repórter da CNN e gostava de o entrevistar. Como é que se chama?

- Morris Feldman.

- Senhor Feldman, há quanto tempo vem ao Muro rezar?

- Há uns sessenta anos.

- Sessenta anos! Isso é incrível! E o que é que o senhor pede nas suas orações?

- Peço que os cristãos, os judeus e os muçulmanos vivam em paz. Peço que todas as guerras e todo o ódio terminem. Peço que as crianças cresçam em segurança e se tornem adultos responsáveis. Peço amor entre os homens.

- E faz isso há sessenta anos, todos os dias! Como é que o senhor se sente?

- Sinto-me como se estivesse a falar para uma parede...

 

 

Sem comentários: