terça-feira, 14 de maio de 2013

Funcionários do Fisco recebem 61,4 milhões em prémios

Finanças afectam 5% da cobrança coerciva de impostos a prémios de produtividade.
Os funcionários do Fisco vão receber este ano 61,4 milhões de euros em prémios de produtividade, através do chamado Fundo de Estabilização Tributária (FET), uma bolsa que complementa, em cada quadrimestre, os ordenados dos funcionários da Administração Fiscal.Terão direito a este bónus os cerca de 9.000 funcionários do Fisco, que é estipulado em função dos montantes de cobrança coerciva alcançados no ano passado.
O Governo decidiu afectar 5% destas receitas de execução fiscal ao FET, de acordo com portaria do Ministrodas Finanças ontem publicada. Serão incorporados, assim, no FET um total de 61,4 milhões de euros, tendo Vítor Gaspar justificado o montante com "o elevado padrão de profissionalismo demonstrado pelos trabalhadores da AT e o acréscimo de produtividade ocorrido em 2012 no capítulo das cobranças coercivas, resultante de uma maior dinâmica de equipas dedicadas às execuções fiscais".




P.S.: Apetece-me dizer: e os outros funcionários públicos, bem como todos os outros do regime geral, não trabalham muito e será que também não têm direito a prémios de produtividade?


Isto mete-me cá um nojo!

Sem comentários: