segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Momentos na vida de um bancário

Está fixe: algumas destas já alguns de nós ouviram...
 
Eu ainda acrescentaria uma que se passou comigo: atendi um cliente emigrante na França. Após passar para o caixa, lembrou-se de colocar mais uma questão, interrompendo a conversa que estava a ter com  cliente que entretanto eu estava a atender. Disse ele: "desculpe se o desarranjo" ("dérranjer" em francês é incomodar...)
 
E a "provisória"? Quantos já não ouviram esta...
 
Enfim... aproveitem e divirtam-se...
 
Domingos
 

Momentos na vida de um bancário
 
 
Isto é só uma pequena amostra:
 
"Bom dia. Quero saber se o meu obstrato já chigou?" 
"queria o nibel da conta" 
"queria um carneiro de cheques" 
"dou o meu abalo ao suscritor" 
"Quero dissolver esta conta"  
"Desculpe, a partir de que valor é que a conta fica negativa?"  
"A sua colega que está na máquina multibanco ficou-me com as notas!"  
"A máquina comeu o meu cartão Securitas!"  
"O multibanco enganou-se. Posso falar com a sra que está para ali a falar dentro da máquina?"  
"Queria fazer umas perguntas sobre aquele cartão "nespresso" "estou muito nervosa, o meu cartão foi extraviolado..."  
"Bom dia. Tou a chegar agora da França e venho aqui para ver se os seus chiffres batem com os meus..."  
"Porque é que os cartões agora têm um chispe?"
 
De vez em quando a abrir uma conta também me perguntam "São precisos assim tantos papeles?"
 
Esteve hoje na sucursal uma senhora que não percebia o porquê do cartão multibanco ter ficado capturado, porque ele estava válido até 31 deste ano! E além do mais era novo porque o antigo tinha aspirado! Do melhor.... lol
 
"quero uma lideranca (livranca)"
"o meu credito ja esta em contagioso
 
Venho 'reformular' uma letra :)
 
Um cliente que tem um crédito bonificado com a esposa, pode contrair outro crédito bonificado com outra senhora e manter os dois sem que uma saiba da outra?
 
 
Nos meus tempos da NovaRede24 (Linha Directa) corria lá uma história bem engraçada (não foi comigo) Um dos operadores recebeu uma chamada de um cliente muito indignado pelo facto de o seu cartão Electron (novíssimo) não funcionar. O colega pediu ao cliente para aguardar em linha. Contactou o Dep. de Cartões para saber se o cartão estava em ordem sendo que a resposta foi positiva, o cartão estava perfeito. O colega voltou à linha e indicou ao cliente que o cartão estava em perfeitas condições e sugeriu que voltasse a tentar utilizar o cartão um pouco mais tarde. Ao ouvir a sugestão do colega, o cliente respondeu: "Olhe que eu sou tão cuidadoso e achei o cartão tão bonito que até o plastifiquei..."
 
"Vinha saber se a minha retrete já chegou"
 
"estou com pressa porque tenho o carro mal 'parcado' no 'driveway'
 
 


Sem comentários: